Cotação actualizada ao minuto

( 07-05-2021 às 17:15:38 )

VALOR DE COMERCIANTE

Açucareiro, a caixinha do “ouro branco” que encantou a corte

12/04/2021

A primeira referência europeia ao termo açucareiro surge num inventário português de 1507. Era um artigo de luxo, pois o bem que guardava – o chamado “ouro branco” – era uma raridade, só acessível a muito poucos. Por isso, constava nos inventários dos bens das famílias mais abastadas. À data, açucareiro significava vasilha de barro, vulgarmente vidrada, para guardar conservas de açúcar ou de mel.

O aparecimento e a evolução do açucareiro ocorreram nos países europeus que dominaram a produção do açúcar, a partir do século XVI. Eis a relação com Portugal. Nesta época, a maior parte do açúcar consumido na Europa vinha do Brasil, colónia portuguesa.

O formato dos açucareiros evoluiu com o tempo e com o uso. Só no século XVII surgiu o hábito de levar o açucareiro à mesa, quando o consumo de bebidas como chá e café entraram na corte. A partir daí, as peças ganham duas asas e uma tampa e passam a ser cada vez mais requintadas para acompanharem os serviços de chá.

Faiança, porcelana, prata, estanho e ouro, os materiais usados nos açucareiros vão evoluindo à medida que a moda se impõe entre as famílias mais endinheiradas da Europa. No Brasil, por exemplo, os açucareiros eram exclusivos da corte portuguesa.

Nas regiões mais distantes, o adoçante era guardado em cabaças e outros vasilhames. Com a industrialização do açúcar, este utensílio de luxo assumiu novos formatos e vulgarizou-se. Os açucareiros sem tampa passaram a ser usados para o chá, adotou-se o polvilhador para adoçar frutas, mas o formato com tampa e colher continua a ser o mais prático e popular.

< VOLTAR

Inserir comentário

Todos os campos são de preenchimento obrigatório. Contudo e, porque privilegiamos a confidencialidade da informação que nos envia, o seu email nunca será apresentado.

Newsletter

Fique a par das nossas novidades!

  • Cotações do Ouro - www.kitco.com
  • Cotações da Prata - www.kitco.com
  • Cotações do Ouro - www.kitco.com
  • Cotações da Prata - www.kitco.com
Este site usa cookies para melhorar a sua experiência. Ao continuar a navegar estará a aceitar a sua utilização.