Cotação actualizada ao minuto

(24-03-2019 às 21:54:12)

VALOR DE COMERCIANTE

Broche Rainha D. Amélia

 

Broche Rainha D. Amélia

A elegância da imperatriz era comentada na correspondência estrangeira. Ela gostava de usar diademas com pingentes e medalhões; brincos, broches e pentes de cabelo em aço cromado imitando brilhantes; mantos, redingotes e pelérines de tafetá com barras bordadas de canutilhos e lâminas de ouro; vestidos também com bordados no mesmo metal; colares de esmeraldas ou ametistas facetadas. Seus cabelos louros estavam sempre penteados em cachos ou em coque, emoldurando um rosto perfeito. 

Broche Rainha D. Amélia

Compramos ouro ao melhor preço!

Simulador Ouro, Prata, Paládio e Platina

Visite também, peças com mais valorAvaliador Oficial e critérios de avaliaçãoContacte-nos!

 Avaliador Oficial

Broche Rainha D. Amélia

Nos retratos, sua indumentária revela que a cintura fina era esmagada por cintos, as saias abriam em evasées, os tops em imensas mangas balão ou “jambon“. Foi o tempo em que os spencers, os sapatos de baile sem salto e as botinas de sarja fina entraram na moda. Em que as bolsas de mão foram substituídas pelo leque. Os decotes diurnos eram pequenos e arredondados.

Broche Rainha D. Amélia

Para a noite, a linha nua do pescoço prolongava-se até aos largos decotes que morriam nos ombros.Este conhecido broche, desenhado em finais do século XIX, era cravado com diamantes-rosa, esmeraldas, ouro e prata. 

"A sua grandeza reside não só na sua proveniência, mas também nas três atrativas esmeraldas colombianas, que são naturais e sem tratamento de clareza, em que a pedra central pesa uns impressionantes 12,22 quilates”.

As esmeraldas, são “de elevado grau de clareza, raramente encontrado nos dias de hoje".

“Um broche nobre com estas pedras preciosas importantes” que, segundo a Sotheby’s, “atrai tanto aficionados e colecionadores de joias, como conhecedores de gemas”.

Broche Rainha D. Amélia

A jóia foi oferecida a D. Amélia, pelo seu padrinho, Luís, duque de Aumale, filho do último rei de França, Luís Filipe, a quando do seu casamento com o monarca português, em 1889. O broche não se encontrava em mãos portuguesas há décadas, a sua última proprietária foi Gabriele Murdock, que a vendeu à leiloeira Sotheby’s, em Nova Iorque, em dezembro de 1999, e anteriormente tinha pertencido a uma princesa da casa real da Jugoslávia, que a tinha vendido também à leiloeira nova-iorquina em dezembro de 1981.
Broche da Rainha D. Amélia
 
D. Amélia, mãe do último rei de Portugal, D. Manuel II, partiu para o exílio em Inglaterra em 1910, aquando da proclamação da república. Viveu em Inglaterra e mais tarde em França, no seu palácio, em Le Chesnay, a cerca de 17 quilómetros de Paris, onde morreu em outubro de 1951. Em 1945 efetuou a última visita a Portugal a convite de Salazar. O corpo da monarca encontra-se sepultado no Panteão Nacional, em Lisboa.
Broche Rainha D. Amélia

Avalie já as suas jóias, fale conosco

Conheça como se compra e transmite Cautelas de Penhor.

Saiba também quais são os nossos critérios de avaliação!

Conheça as peças com mais valor!

New Greenfil Lda, faça parte de uma história de sucesso! 

Newsletter

Fique a par das nossas novidades!

  • Cotações do Ouro - www.kitco.com
  • Cotações da Prata - www.kitco.com
  • Cotações do Ouro - www.kitco.com
  • Cotações da Prata - www.kitco.com