Cotação actualizada ao minuto

(24-03-2019 às 21:53:39)

VALOR DE COMERCIANTE

Vacheron Constantin

 

1755

ANO DE NASCIMENTO

Em 17 de setembro de 1755, o mestre relojoeiro de 24 anos Jean-Marc Vacheron contrata seu primeiro aprendiz, fundando assim uma empresa ao tornar clara sua intenção de transmitir suas habilidades. Esse contrato pode, portanto, ser visto como a certidão de nascimento da Vacheron Constantin, o que faz dela a mais antiga fabricante de relógios em operação contínua desde sua fundação.

Compramos ouro ao melhor preço!

Simuladorr de ouro

 Visite também, peças com mais valorAvaliador Oficial e critérios de avaliaçãoContacte-nos!

Avaliador Oficial

Vacheron Constantin

Vacheron Constantin

1755

RELÓGIO DE BOLSO DE PRATA, PRIMEIRO RELÓGIO CONHECIDO DE 
JEAN-MARC VACHERON

Orgulho da tradição da Vacheron Constantin, este relógio de prata assinado J: M: Vacheron A GENEVE no movimento, é o único relógio conhecido que identifica o fundador da empresa pelo primeiro nome.

Equipado com um escape de âncora, apresenta ponteiros cuidadosamente elaborados em ouro.
A válvula do balanço, a parte mais visível do movimento, também demonstra técnica artesanal de alta qualidade em delicados arabescos. Esse padrão duplo de técnica e estética viria a forjar gradualmente a identidade da Maison.

Vacheron Constantin

1785

O SUCESSOR: 
ABRAHAM VACHERON

Em 1785, o filho de Jean-Marc Vacheron, Abraham (1760-1843), assume o controle das oficinas. Ele conseguiu manter a empresa em funcionamento, apesar dos problemas que sucederam à Revolução Francesa e à ocupação de Genebra pelas tropas do Diretório Francês.

Seguindo o caminho iniciado pelo pai, ele ensinou a atividade de relojoaria ao filho, Jacques Barthélémi Vacheron.

1790

A ERA DAS PRIMEIRAS COMPLICAÇÕES

O primeiro movimento complicado conhecido a sair das oficinas assinado "Vacheron à Genève" data do final do século XVIII.

Uma complicação de relojoaria é uma função de marcação de tempo em um relógio além da indicação das horas e dos minutos. Este movimento leva um pequeno relógio de parede com um mostrador lindamente gravado a mostrar os dias da semana e do mês. Embora relógios de parede fossem populares à à época, peças com calendários eram muito mais raras.

Vacheron Constantin

SÉCULO XIX

1810

O NETO DE 
JEAN-MARC VACHERON ASSUME A EMPRESA

Neto de Jean-Marc Vacheron, Jacques Barthélémi Vacheron (1787-1864) assume a administração da empresa da família, que começa a produzir relógios mais complicados, como os relógios musicais com dois toques diferentes.

1819

SOCIEDADE COM FRANÇOIS CONSTANTIN

A sociedade entre Jacques Barthélémi Vacheron (1787-1864), neto do fundador, e o experiente empresário François Constantin (1788-1854),dá à empresa um novo nome — Vacheron et Constantin.

Os dois genebreses compartilhavam do mesmo interesse em sofisticados relógios com complicações. François Constantin possuía um grande tino para os negócios, tendo conquistado diversos novos mercados durante três décadas de viagens em nome da empresa. 

Em 5 de julho de 1819, François Constantin escreveu a seu novo sócio, Jacques Barthélémi Vacheron, de Turim. Sua carta continha a frase que viria a se tornar o lema da empresa:

“Faça melhor, se for possível, e isso sempre é possível.”

Vacheron Constantin

1824

RELÓGIO COM HORAS SALTANTES

Este relógio em uma caixa de ouro rosa é equipado com um movimento especialmente refinado para a época, com um escape de cilindro e um balanço monometálico de três braços. A originalidade deste relógio reside em suas horas saltantes vistas em uma abertura às 12 horas e em seu grande ponteiro central de minutos.

Vacheron Constantin

1824

RELÓGIO COM MAPA DA ITÁLIA EM ESMALTE AZUL

Este relógio em ouro amarelo tem uma caixa lindamente decorada com um mapa da Itália em esmalte champlevé azul. Seu mostrador em dois tons exibe 12 numerais arábicos rodeados por uma escala de minutos e pequenos segundos às 6 horas.

Vacheron Constantin

1839

O PANTÓGRAFO LANÇA UMA RENASCENÇA TÉCNICA

Em 1844, a Sociedade das Artes concede a medalha de ouro do prêmio Rive aos senhores Vacheron e Constantin e a G-A Leschot pela “valorosíssima descoberta para a indústria de Genebra”.

Contratado em 1839 como engenheiro relojoeiro, Georges-Auguste Leschot (1800-1884) revolucionou 
os métodos de relojoaria ao desenvolver novas ferramentas, incluindo um pantógrafo para centralizar e realizar furos nas placas de base e nas pontes do movimento.

Vacheron Constantin

Isso possibilitou a manufatura de peças intercambiáveis, permitindo que a empresa aumentasse a qualidade de seus relógios.

1869

CRONÔMETRO DE BOLSO

A história da relojoaria é a história da busca pela máxima precisão.

A trama tem reviravoltas a cada turbulência que afeta o mundo e a sociedade. Os cronômetros navais, por exemplo, inauguraram uma era de relojoaria científica movida pelo progresso técnico que beneficiou todos os relógios da época.

Um deles é este cronômetro de bolso com caixa de ouro amarelo e mostrador em esmalte branco. Ele é regulado pelo escape detentor ultra preciso usado em cronômetros navais.

Vacheron Constantin

1875

QUAI DE L’ÎLE: O LOCAL HISTÓRICO

A Vacheron Constantin deixa então suas instalações na Tour de l'Île, que não consegue mais acompanhar a expansão da empresa.

Jean-François Constantin, sobrinho de François Constantin, constrói um novo edifício na ilha do outro lado da estrada e instala aí uma fábrica moderna. As construções incluíam um bloco de locação e um prestigiado edifício fabril, o primeiro do tipo em Genebra.

Vacheron Constantin

(1) A Manufatura por volta dos anos 1920.

Vacheron Constantin

2) Tour de l’Île de Genebra no final do século XIX.

1880

NASCIMENTO DO LOGOTIPO EM FORMA DE 
CRUZ DE MALTA

O símbolo da Cruz de Malta da Vacheron Constantine é registrado no escritório federal suíço de marcas registradas em Berna. Escolhida para representar a busca da empresa por precisão, ela foi tirada do design de um antigo componente de movimento aplicado na tampa do cilindro para garantir o máximo de força constante da mola e, portanto, obter melhor qualidade.

Vacheron Constantin

Vacheron Constantin

O logótipo da marca é registrado no escritório federal suíço de marcas registradas em Berna. 

Vacheron Constantin

Desenho da Cruz de Malta mais comum com cinco armas.

1884

RELÓGIO DE BOLSO DUPLA FACE

Este relógio de bolso de dupla face com caixa em ouro amarelo é dotado de um movimento de calendário perpétuo de alavanca em latão dourado e regulado por um balanço bimetálico.

Vacheron Constantin

O mostrador dianteiro em esmalte branco exibe a hora enquanto o mostrador traseiro exibe um calendário de 48 meses que indica os dias do mês e da semana e as fases e a idade da lua.

O calendário perpétuo,entre as mais apreciadas complicações de relojoaria, leva automaticamente em conta meses de durações diferentes, bem como anos bissextos.

Vacheron Constantin

1889

RELÓGIO DE PULSO FEMININO

Este relógio feminino é um dos primeiros relógios de pulso produzidos em série.

Seu surgimento provocou grande agitação, pois até o começo do século XX, o relógio de bolso não tinha rivais.

Vacheron Constantin

O relógio é segurado por uma armação delicadamente gravada e cuidadosamente trabalhada sobre uma pulseira magnífica com duas deusas com asas, enquanto o mostrador é circundado por um conjunto de diamantes. Como uma coroa para dar corda iria interferir no design equilibrado, a empresa desenvolveu um engenhoso dispositivo para acertar a hora virando a luneta.

Vacheron Constantin

1901

O PRIMEIRO CALIBRE COM O SELO DE GENEBRA

Em 1901, o primeiro calibre Vacheron Constantin recebe o Selo de Genebra. Tal certificação, criada em 1886 pelo parlamento cantonal de Genebra, tinha o objetivo de preservar as habilidades dos relojoeiros de Genebra e protegê-los do uso indevido do nome de Genebra.

O Selo de Genebra é considerado hoje uma marca da excelência relojoeira porque garante a proveniência, a qualidade, a precisão e a durabilidade do relógio.

Vacheron Constantin

1905

RELÓGIO DE BOLSO EM ESMALTE CLOISONNÉ

Na Mostra Internacional de Milão de 1906,a Vacheron Constantin apresentou uma coleção de relógios de tamanha beleza que o júri premiou a empresa com o Grand Prix da mostra.

Uma das peças da coleção de Milão é este relógio de alavanca de ouro amarelo. Uma estampa de espinhos executada de maneira admirável em esmalte cloisonné enfeita o fundo da caixa, enquanto o mostrador com dois tons de prateado exibe um centro que gira perfeitamente com o motor.

Vacheron Constantin

Este relógio é um exemplar típico das peças de joalheria que a Vacheron Constantin criava na época. Suas características decorativas representam a tradição de Genebra no ápice da sofisticação.

1906

A PRIMEIRA BOUTIQUE ABRE SUAS PORTAS

Durante os primeiros anos do século XX, a
Vacheron Constantin recebia encomendas de pessoas como a rainha Maria da Romênia, os irmãos
Henry e William James e o príncipe Napoleão, neto de 
Jerônimo Bonaparte.

Em 1904, a empresa se tornou fornecedora da
Casa Real da Sérvia e foi condecorada com a ordem real de Santo Sava, batizada em homenagem ao pai da
Igreja Ortodoxa Sérvia e santo mais popular do país.

Vacheron Constantin

1907

O RELÓGIO DE BOLSO CHRONOMÈTRE ROYAL

Em 1907, a manufatura de relógios de Genebra apresenta seu primeiro Chronomètre Royal e registra o nome do modelo. Esse cronômetro de bolso, que era diferente de qualquer outro relógio produzido na época, logo se tornou um sucesso internacional.

A durabilidade, confiabilidade e precisão lendárias eram bastante apreciadas pelos proprietários que viviam em climas adversos, até então considerados prejudiciais ao funcionamento correto dos relógios.

Vacheron Constantin

1912

O ADVENTO DA CAIXA TONEL

A Vacheron Constantin decide romper com o tradicional formato redondo do relógio no espírito de vanguarda de uma era progressista.

Em 1912, ela se tornou uma das primeiras fabricantes a adotar a caixa em forma de tonel ou barril.

Os relógios tonel se tornaram parte da identidade da marca no instante em que apareceram.

Vacheron Constantin

Este elegante exemplo em ouro amarelo tem mostrador de prata com 12 radiantes numerais arábicos e uma faixa periférica de minutos. Popular tanto entre homens quanto mulheres, a caixa tonel viria a abrigar algumas das mais prestigiadas complicações relojoeiras durante o restante do século.

Ela aparece hoje especialmente na técnica e contemporânea Coleção Malta lançada em 2000.

1916

RELÓGIO DE PULSO PARA
O MARAJÁ DE PATIALA

Nos anos de 1914 e 1915, a empresa cria um minúsculo movimento retangular que chama de "le tuyau" — o cano. Com apenas 26mm de comprimento e 6,5mm de largura, foi o antepassado do movimento baguete, notadamente usado numa versão curva feita em 1916 para esta pulseira feminina — peça exclusiva adquirida pelo Marajá de Patiala, Sir Bhupinder Singh.

Vacheron Constantin

Feito de ouro e diamantes, é notável pela engenhosa técnica artesanal de sua caixa perfurada,entalhada e gravada. Seu movimento baguete sobre uma placa de base retangular encurvada permite que o tempo possa ser visto de perfil. Doze numerais arábicos adornam um mostrador de prata fosca.

Vacheron Constantin

1918

O RELÓGIO PACKARD

Por trás da aparente simplicidade, este relógio, feito para o engenheiro automobilístico e colecionador de relógios James Ward Packard,esconde um mecanismo excepcionalmente complexo.

O relógio bate as horas e os quartos de hora com um toque longo, enquanto o toque curto omite as horas a cada quarto de hora. Além disso, este extraordinário relógio bate os meios-quartos de hora.

Vacheron Constantin

Entre suas outras características estão um balanço de compensação Guillaume, um vidro de cristal de rocha e uma caixa de ouro 20 quilates gravada com o monograma do proprietário em esmalte azul na parte de trás.

Muitos anos mais tarde, em 1928, o compatriota de Ward Packard, o banqueiro e colecionador de
Nova York Henry Graves Jr., comprou um relógio turbilhão assinado pela Vacheron Constantin. Essa peça exclusiva feita sob medida foi entregue a seu proprietário no Hotel Crillon, em Paris.

Vacheron Constantin

1923

RELÓGIO DE BOLSO
LES BERGERS D’ARCADIE

Este magnífico relógio de bolso é decorado com uma miniatura em esmalte da pintura pastoril de 
Nicolas Poussin "Et in Arcadia Ego". A esmaltadora foi
Louise Goll, uma das principais miniaturistas de Genebra no começo do século XX.

A tampa protetora tem uma gravura inspirada no quadro "L'Arrivée des moissonneurs dans les marais Pontins", de Leopold Robert, com parte da partitura da "Sinfonia Pastoral" de Beethoven inscrita debaixo dela.

Vacheron Constantin

Como obra de arte da coleção com um movimento inteiramente gravado à mão, ele exibe os talentos dos artesãos da empresa,demonstrando que as técnicas artísticas são inseparáveis da história da alta joalheria de Genebra e da Vacheron Constantin.

Vacheron Constantin

1929

Relógio de bolso de grande complicação

Em 1929, os moradores suíços do Egito presentearam o rei Fuad I com este relógio.

A peça combina cronógrafo, calendário perpétuo, repetidor de minutos e toque longo e curto numa jogada de mestre da relojoaria.

Vacheron Constantin

As armas reais em esmalte decoram o fundo da caixa.
O relógio de bolso de ouro amarelo tem mostrador prateado com 10 numerais arábicos em preto, uma abertura para os dias da semana e dos meses às
12 horas, um submostrador para os meses e anos às
9 horas, um contador de 30 minutos às 3 horas e as idades e as fases da lua com os pequenos segundos às 6 horas.

1946

A CRIAÇÃO DE UM RELÓGIO PARA O REI FAROUK

Vacheron Constantin

A Vacheron Constantin cria um de seus relógios mais complicados para Farouk, filho do rei Fuad I do Egito, que herdou o gosto do pai por alta joalheria. Foram necessários cinco anos para concluir esta obra-prima, um presente das autoridades de Genebra ao novo rei. A peça combina 14 complicações em 820 peças, 55 das quais contêm joias.

Vacheron Constantin

1952

UMA NOVA FORMA

Seguindo na onda criativa da recuperação pós-guerra,a Vacheron Constantin apresenta um novo modelo com uma forma incomum — um quadrado curvo — que ficou extremamente popular.

Este relógio de pulso de data tripla (dias da semana, meses e dias dos meses) com fases da lua reafirma sua sofisticação com robustez técnica. Esse formato específico de relógio reapareceu nos modelos Toledo em 1998 e mais uma vez em 2003, quando foi introduzido na coleção Historiques.

Vacheron Constantin

1952

RELÓGIO DE BOLSO COM MINIATURA EM ESMALTES

O renomado artista esmaltador Carlo Poluzzi
(1899-1978) era italiano, mas trabalhava na cidade Carouge, no cantão de Genebra. Ele criou esta miniatura inspirado em "The Deer Hunt", de Paul Bril
(Museu do Louvre, Paris), que adorna o fundo da caixa deste relógio de ouro amarelo.

A técnica utilizada é típica da escola de esmaltação de Genebra, com camadas de cores quentes dando profundidade à pintura e o esmalte transparente para protegê-la.

Vacheron Constantin

1954

O RELÓGIO DE PULSO ARONDE

O boom do pós-guerra assiste ao nascimento de um modelo audaciosamente criativo. Aronde significa andorinha em francês arcaico e se refere às curvas duplas semelhantes a asas encontradas nas laterais da caixa e acentuadas pelo vidro convexo. A caixa retangular e o design ousado deste relógio realçam
a reconhecida habilidade criativa para adaptar seus princípios de design aos avanços técnicos. Este modelo representativo reapareceu na Coleção Historiques.

1955

CRONÓGRAFO DE PULSO COM ESCALA DE TAQUÍMETRO

Apresentando suportes com chifres magníficos, esta caixa antimagnética e estanque em ouro amarelo protege um movimento de cronógrafo de roda de coluna com contador de tempo transcorrido. Um escudo de ferro doce protege o movimento de campos magnéticos. O mostrador exibe um contador de 30 minutos às 3 horas e pequenos segundos às 9 horas.O estilo evoluído deste relógio faz dele um dos cronógrafos mais bonitos de sua era.

Vacheron Constantin

1957

A ESSÊNCIA DO ESTILO CLÁSSICO DA
VACHERON CONSTANTIN

Concebido nos efervescentes anos 1950, quando
a elegância retornou ao primeiro plano, este relógio convencional redondo e ultrafino incorporava o estilo clássico da Vacheron Constantin ao mesmo tempo em que oferecia excelente confiabilidade. A ausência de decoração extrínseca e o design controlado bastam, considerando que cada detalhe — a finura do movimento e de sua caixa, o mostrador sem escala de segundos ou minutos e os marcadores de hora de pérola— serve para acentuar as linhas limpas e a beleza austera de um design atemporal.

Em 2004, o modelo Patrimony prestou homenagem
a esse estilo icônico numa reinvenção do visual clássico. Este relógio incorpora o estilo clássico da Vacheron Constantin.

Vacheron Constantin

1968

MOVIMENTO ULTRAFINO DE CORDA AUTOMÁTICA

Sua forma quadrada foi considerada muito moderna na época.

Este relógio de pulso incrível com linhas limpas é equipado com um movimento ultrafino de corda automática. O calibre 1120 de 2,45mm de espessura despertou considerável interesse de especialistas e colecionadores. Em 2010, a Vacheron Constantin decidiu prestar uma homenagem revivendo os relógios ultrafinos no modelo Historique Ultra-Fine 1968.

1972

DIPLÔME DU PRESTIGE DE LA FRANCE

Em junho de 1972, o ministro francês da ciência e da indústria, François-Xavier Ortoli, concede à
Vacheron Constantin o raro e cobiçado Diplôme du Prestige de la France.

Vacheron Constantin

A Vacheron Constantin se torna assim a primeira empresa relojoeira a receber tal honraria.

Como comemoração, naquele ano, a empresa lançou um relógio de pulso com aparência moderna apresentando caixa assimétrica e movimento oval.
O elegante relógio "1972" tinha um mostrador prateado com quatro numerais e oito marcadores de hora.

Vacheron Constantin

1977

RELÓGIO DE PULSO "222", PRECURSOR DO MODELO OVERSEAS

Um relógio de aço de corda automática com características inesperadas marca o 222º aniversário da empresa.

Apelidada de "222", sua caixa monobloco em pulseira sob medida apresenta uma luneta estilo janela rosqueada, oferecendo resistência em ambientes inóspitos.

Vacheron Constantin

O "222" tem ponteiros e marcadores de hora luminosos de fácil visibilidade. Como ancestral do modeloOverseas, o "222" empresta excelência e inovação a relógios feitos para viagens, aventuras e vida ao ar livre.

1979

UMA FAÇANHA IMPRESSIONANTE

Kallista

Esculpido a partir de um lingote de um quilo de ouro e engastado com 118 diamantes totalizando 130 quilates, o modelo Kallista ("mais lindo" em grego) ganha destaque como uma das criações relojoeiras mais fascinantes.

Vacheron Constantin

Foram necessários cinco anos para combinar todos os diamantes lapidação esmeralda e mais de 6.000 horas de trabalho para completar a obra de arte.

1992

CALIBRE 1755 – O MAIS FINO REPETIDOR DE MINUTOS DO MUNDO

Atenta à tradição de produzir excelentes movimentos ultrafinos, a empresa decide recriar um movimento repetidor de minutos no estilo dos produzidos nos anos 1940.

Assim surgiu o calibre 1755 em 1992.

Vacheron Constantin

Sua espessura de apenas 3,28mm fazia dele o mais fino repetidor de minutos do mundo. Apenas 200 foram produzidos em versão esqueleto (ouro rosa e platina) ou com mostrador (ouro amarelo e platina).

1994

TRIBUTO A MERCATOR

Mercator

A arte da esmaltação sempre foi praticada pela empresa e tem sido associada a diferentes modelos. O mais conhecido desses modelos é dedicado a Mercator (1512-1594).

Esse matemático e geógrafo flamengo, cujo nome real era Gerhard Kremer, desenhou as primeiras projeções planas do globo para navegadores.

Vacheron Constantin

Como viajar é um tema importante e recorrente na Vacheron Constantin, a empresa decidiu marcar o
400º aniversário de morte do cartógrafo lançando uma coleção com o nome dele.

O mostrador reproduz em esmalte os mapas dos hemisférios desenhados pelo próprio Mercator, e os ponteiros retrógrados na forma de divisores foram elaborados especialmente para a ocasião.

1996

A CRIAÇÃO DO OVERSEAS

1996 marca o nascimento da coleção Overseas, com a qual a Vacheron Constantin abraça o lado técnico e esportivo da alta joalheria.

O design estrutural deste relógio com suas linhas naturalmente elegantes e limpas trata do contemporâneo tema das viagens. O estilo puro reflete sua excelência mecânica.

Vacheron Constantin

Três anos mais tarde, foi lançada uma versão cronógrafo com movimento de corda automática. Uma melhora essencial surgiu em 2004, quando uma tela antimagnética foi instalada para proporcionar proteção total ao movimento.

1998

AS OFICINAS DA VACHERON CONSTANTIN NO
VALLÉE DE JOUX

Durante muitos anos, a empresa manteve uma pequena filial relojoeira no Vallée de Joux, conhecida como "cellule technique". Em 1998, as oficinas HDG
(Haut de Gamme Sàrl), que há muito tempo eram parceiras da Vacheron Constantin, se fundiram à "cellule technique" para se tornarem
o Ateliers Vacheron Constantin Vallée de Joux.

Vacheron Constantin

As instalações em Le Sentier se entregaram então à pesquisa e desenvolvimento e à manufatura e decoração dos componentes do movimento. Em 2013, a Vacheron Constantin abriu uma nova fábrica em Le Brassus, no coração do Vallée de Joux.

Ela reúne, embaixo de apenas um único teto, todas as atividades de manufatura de componentes, até então espalhadas por três prédios.

2004

A SEDE INTERNACIONAL ABERTA EM
PLAN-LES-OUATES

Em 9 de agosto de 2004, a Vacheron Constantin toma posse da nova fábrica em Plan-les-Ouates. O edifício, projetado pelo arquiteto franco-suíço Bernard Tschumi, também serve de sede internacional da empresa.

O prédio futurista, na forma estilizada de uma cruz de Malta pela metade, reúne sob o mesmo teto a gestão,
a administração e as oficinas, como nos velhos tempos.

Vacheron Constantin

“As linhas fluidas da pele de metal trazem uma coerência visual ao todo e sugerem a fluida interação entre os diferentes departamentos de gestão, design
e produção da fábrica.”

(Bernard Tschumi).

 

2005

A VACHERON CONSTANTIN COMEMORA 250 ANOS DE EXISTÊNCIA

Para comemorar seu quarto de milênio, a Vacheron Constantin lança uma coleção de cinco criações fora de série que homenageia todos os talentos artesanais envolvidos na relojoaria.

Entre esses cinco trabalhos de relojoaria, dois relógios definem o padrão da Alta Joalheria contemporânea:

Vacheron Constantin

L’Esprit des Cabinotiers

Este relógio misterioso e singular, feito de uma esfera de ouro rosa gravada à mão, revela um relógio altamente complicado.

Vacheron Constantin

Tour de L’ìle

O relógio Tour de l'Île apresenta uma combinação inédita de 16 complicações de relógios e indicações astronômicas. Seu extraordinário movimento de 834 partes demandaram 10.000 horas de pesquisa e desenvolvimento dos designers, engenheiros, construtores e relojoeiros da Vacheron Constantin. Este foi o mais complicado relógio de pulso jamais produzido em série. Apenas sete foram produzidos.

Vacheron Constantin

Métiers d’Art

Este modelo presta uma homenagem às artes decorativas da relojoaria numa evocação poética das quatro estações. O entalhe, a gravação, a esmaltação e o engaste de pedras são exibidos pelo novo calibre 2460, que revela a hora em quatro aberturas em vez de por meio de ponteiros. Os modelos Métiers d'Art foram produzidos em 12 conjuntos encaixotados de quatro relógios cada — um total de 48 peças.

Vacheron Constantin

Saint-Gervais

O modelo Saint Gervais, equipado com o novo calibre 2250, combina um calendário perpétuo com um escape turbilhão. Seus quatro tambores produzem mais de 10 dias ou 250 horas de reserva de marcha — uma hora para cada ano de existência da empresa. Cinquenta e cinco exemplares foram produzidos.

Vacheron Constantin

Jubilé 1755

Este modelo retorna à base e à essência da alta relojoaria. O relógio Jubilé 1755 é movido por um novo movimento de corda automática,o calibre 2475, que exibe a reserva de marcha,os dias da semana e dos meses, bem como um ponteiro de segundos deslizante. Foram produzidos 1755 exemplares dessa edição limitada.

Vacheron Constantin

 

2006

ATELIER CABINOTIERS - ENCOMENDA ESPECIAL

Desde o princípio, a Vacheron Constantin sempre incentivou seus relojoeiros a realizar relógios sob encomenda, sem que fosse preciso contar as horas gastas para alcançar a estética exata de uma peça e escolher suas funções e componentes.

Vacheron ConstantinAtendendo sempre aos gostos e expectativas de sua clientela, a Vacheron Constantin revelou em 2006, na ocasião dos 100 anos de sua Maison “en l’Ile” de Genebra, o “Atelier Cabinotiers Encomenda Especial”: um ateliê com uma equipe totalmente dedicada à realização de relógios exclusivos, sob medida, integralmente personalizados e realizados seguindo a grande tradição de excelência da Maison.

2006

100 ANOS DA BOUTIQUE HISTÓRICA "EN L’ILE"

Depois de um ano de renovação, a sede social histórica da marca é reaberta. Boutique e espaço patrimonial testemunham, em dois andares, a contribuição excepcional da Vacheron Constantin à relojoaria genebrina e, de forma mais ampla, à relojoaria universal.

Vacheron Constantin

Vacheron Constantin perpetua os valores fundadores da elite da relojoaria genebrina, no coração do bairro que constitui seu berço histórico. Em dois andares que formam um conjunto único, a Maison abriga a boutique, os arquivos, as ferramentas e os relógios desde 1755 até hoje, um ateliê de arte dedicado à restauração de relógios antigos e à realização de peças únicas ou personalizadas.

Vacheron Constantin

2007

COLEÇÃO MÉTIERS D'ART LES MASQUES

Em 2007, a manufatura sentiu necessidade de prestar homenagem ao ser humano, capaz de atingir o sublime. Uma longa jornada que levou seus relojoeiros a viajarem no tempo e no espaço, em busca das raízes do homem, e a se debruçarem sobre uma das mais belas expressões de sua alma.

Vacheron Constantin

Três anos, doze máscaras, vinte e cinco exemplares.Qual tema escolher para evocar sutilmente a aventura humana? Os mestres relojoeiros e designers da manufatura consideraram várias temáticas.

A ideia das máscaras se impôs de forma inequívoca. Genebra tem a imensa sorte de possuir um dos mais belos museus de arte primitiva existentes: o Museu Barbier-Mueller. Essa proximidade foi determinante na escolha da Vacheron Constantin: a coleção Métiers d’art "Les Masques " nasceu assim de uma reflexão sobre o próximo e o distante, sobre o passado, o presente, o futuro e o eterno recomeço.

Vacheron Constantin

Doze máscaras da coleção Barbier-Mueller foram assim selecionadas para serem reproduzidas em ouro em pequena escala. Elas foram colocadas solenemente no coração do mostrador de cada relógio da coleção que atravessa três mil anos de história e quatro continentes. Esta se inscreve naturalmente na história da manufatura e em seu espírito de abertura ao mundo.

Vacheron Constantin

 

2008

UMA EXPERIÊNCIA ÚNICA: O TEMPO PERSONALIZADO - COLEÇÃO QUAI DE L'ILE

Audácia sob medida, estandarte da modernidade, genialidade estética...

No cruzamento entre a arte e a técnica, a linha Quai de l’Ileleva em 2008 a Alta Relojoaria a uma nova era. Personalização, mecânica e design encontram-se no coração de uma concepção vanguardista que ultrapassa os limites da excelência e da exclusividade. Graças a uma construção de caixa única que permite realizar um relógio individual, mais de 700 variações sobre os temas do savoir-faire relojoeiro e da busca estética apropriaram-se do tempo: cada modelo tem sua singularidade, tão original e elegante quanto indescritível e enigmática. 
Vacheron Constantin

2009

O TEMPO SE ILUMINA COM UMA NOVA FORMA DE DIAMANTE: CHAMA

Uma silhueta perfeitamente proporcional e absolutamente feminina

Reunir as artes, conjugar os talentos, inovar, respeitando ao mesmo tempo seu patrimônio: a Vacheron Constantin atende a essas exigências ao honrar o tempo através da beleza, do precioso, da precisão, do prazer. O prazer de permanecer em sintonia com suas próprias intuições criativas. Essa cultura artística fez surgir em 2009 uma nova lapidação de diamante, inédita no universo relojoeiro: a lapidação “Chama”.

Vacheron Constantin

De seu nome, ela herdou uma morfologia viva que captura a luz com arte para melhor deixá-la escapar de acordo com suas múltiplas facetas. 

Novidade estética, mas também técnica pela complexidade de sua realização, a lapidação “Chama” foi oficialmente reconhecida pelo GIA (Gemological Institute of America) que não homologava novas lapidações há vinte anos.

Vacheron Constantin

O diamante lapidação "Chama" torna-se singular graças a uma silhueta perfeitamente proporcional e absolutamente feminina. Com sua forma simbólica, a pedra parece crepitar com mil chamas e dançar com uma luz que é refletida e refratada ao infinito através de suas 57 facetas. A originalidade da lapidação “Chama” também reside no fato de ser a única a apresentar uma lapidação direita e uma lapidação esquerda. Ela precisou do desenvolvimento de um engaste específico.

Vacheron Constantin

2009

NOVO RECORDE MUNDIAL: O KALLANIA

186 diamantes lapidação esmeralda para um total de aproximadamente 170 quilates.

Encarnação de uma arte viva, em 2009 o relógio Kallania tornou-se o digno herdeiro da mítica peça Kallista que naquele momento comemorava seus trinta anos. 

Vacheron ConstantinExpressão deslumbrante da paixão que inspira os mestres de arte da manufatura, ele estabeleceu um novo recorde mundial em termos de realização e de número de quilates. Nada menos do que 186 diamantes lapidação esmeralda representando cerca de 170 quilates iluminam esta proeza de paciência e perfeição.

Vacheron Constantin

Uma vez mais, a Vacheron Constantin inscreveu seus valores no século XXI, ao aliar um savoir-faire ancestral a uma estética contemporânea. Para se mostrar digna do gênio joalheiro, esta peça de coleção bate ao ritmo do movimento mecânico mais fino do mundo ― o calibre 1003 ― certificado pelo prestigioso Punção de Genebra e inteiramente desenvolvido e manufaturado pela Vacheron Constantin. 

2010

UMA COLEÇÃO DE PEÇAS ÚNICAS EXCEPCIONALMENTE DEDICADA À OPÉRA GARNIER.

Ao tornar-se mecenas da Ópera Nacional de Paris em 2007, a Manufatura Vacheron Constantin destacou um dos valores que vem procurando eternizar há mais de 250 anos: as tradições artesanais dos Ofícios Artesanais da Alta Relojoaria. Essa parceria, que reúne o tempo, a arte e a cultura, é ilustrada por uma demonstração magistral do savoir-faire da mais antiga manufatura relojoeira.

Vacheron Constantin

Vacheron Constantin concebeu assim uma coleção excepcional de quinze peças únicas em homenagem aos maiores compositores, os mesmos que inspiraram o afresco monumental de Marc Chagall ornando o teto da Opéra Garnier. O primeiro relógio da coleção Métiers d’Art – Chagall & l’Opéra de Paris é intitulado "Homenagem aos Compositores Ilustres". Esta peça única foi apresentada durante a noite de gala do aniversário de 30 anos da AROP (Association pour le Rayonnement de l’Opéra National de Paris) em 20 de novembro de 2010, no Palais Garnier. O relógio reproduz em sua integralidade o teto de Chagall através da técnica genebrina ancestral da pintura miniatura em esmalte “Grand Feu”.

Vacheron Constantin

As outras 14 peças elaboradas ao longo dos dois anos seguintes foram consagradas, cada uma, a um dos compositores que figuram na obra de Chagall.

Vacheron Constantin

2011

NOVOS CRITÉRIOS DO PUNÇÃO DE GENEBRA

O relógio em seu conjunto

Implementado pelo Grande Conselho da República e Cantão de Genebra em 1886, o Punção de Genebra é ao mesmo tempo uma garantia de proveniência, de qualidade, de durabilidade e de savoir-faire. Celebrando seus 125 anos em 2011, o Punção de Genebra efetua uma renovação fundamental levando em conta a evolução das técnicas e dos materiais utilizados em relojoaria.

Vacheron Constantin

Além do movimento, a partir de agora o relógio é certificado pelo Punção de Genebra em seu conjunto. As partes externas do relógio são então consideradas, principalmente os elementos que ligam o calibre à caixa, tais como o aro de encaixe, a flange e o parafuso da flange. Todos estes componentes são igualmente submetidos aos processos de produção e de acabamentos exigidos pelo Punção de Genebra.

Vacheron Constantin

2011

UMA LEITURA SIMULTÂNEA DE TODAS AS ZONAS HORÁRIAS DO MUNDO

Herança de longa data do patrimônio da Vacheron Constantin, a complicação Horas do Mundo voltou de forma extraordinária às coleções da Manufatura. O modelo Traditionnelle World Time foi assim apresentado no SIHH 2011 com um novo calibre certificado pelo prestigioso Punção de Genebra: 2460 WT.

Vacheron Constantin

No desejo de dar uma nova contribuição essencial à história desta complicação, os mestres relojoeiros e engenheiros da Vacheron Constantin procuraram criar um movimento mecânico capaz de indicar não apenas os fusos horários cheios, mas também os fusos horários parciais, de forma a refletir a realidade horária precisa das 37 zonas mundiais. 

Uma exclusividade que gerou um pedido de patente por parte da Vacheron Constantin.

Vacheron Constantin

2013

INAUGURAÇÃO DA NOVA MANUFATURA NO VALLÉE DE JOUX

Foi em Brassus, no coração do Vallée de Joux, que a Vacheron Constantin escolheu reunir sob um mesmo teto suas atividades de produção de componentes relojoeiros, até então divididas em três edifícios. Uma manufatura de componentes relojoeiros equipada com as últimas tecnologias e uma maquinaria performática, organizada segundo um processo de produção moderno e eficaz.

Além da maquinaria eficaz e performática, esta nova manufatura demonstra a vontade da Vacheron Constantin em integrar cada vez mais ofícios.

Vacheron Constantin

2015

LANÇAMENTO DA COLEÇÃO HARMONY

Para marcar o aniversário de 260 anos de sua fundação, a Manufatura Vacheron Constantin revelou os sete primeiros modelos de uma nova coleção batizadaHarmony. 

Realizados em séries limitadas, esses relógios eminentemente contemporâneos exibem um formato almofada e um design inspirado em um dos primeiros cronógrafos de relógio de pulso da marca, apresentado em 1928. 

Vacheron Constantin

No coração dessas generosas caixas com linhas reinventadas, novos calibres inteiramente concebidos, desenvolvidos e produzidos internamente homenageiam o cronógrafo monobotão. 

Para inscrever eternamente esses modelos nesta comemoração excepcional da história da Manufatura, os designers da Vacheron Constantin criaram uma decoração exclusiva para o movimento, dedicada ao aniversário de 260 anos da marca, concebendo um motivo original inspirado nos arabescos que ornavam o ""coq"" do primeiro e mais antigo relógio de bolso pertencente a Maison, assinado por Jean-Marc Vacheron em 1755.

Vacheron Constantin

Chamada também de “gravura fleurisanne”, essa decoração se encontra sobre o ""coq"" do balanço, a ponte da gaiola do turbilhão ou ainda a massa oscilante dos modelos de aniversário Harmony.

Vacheron Constantin 

2015

REFERENCE 57260 - O RELÓGIO MAIS COMPLICADO JÁ REALIZADO

Apresentado no aniversário de 260 anos da Maison, no dia 17 de setembro de 2015, o relógio sob medida Reference 57260 é o relógio mais complicado já realizado.

Essa obra-prima relojoeira com mostrador duplo reunindo complicações e inovações técnicas antes inimagináveis nasceu da realização de um sonho, de uma encomenda de um Grande Colecionador e da vontade da Maison de superar seus próprios limites.

Vacheron Constantin

Foram necessários 8 anos para que três Mestres Relojoeiros da Maison pudessem concebê-la e fabricá-la. Associando os princípios tradicionais da relojoaria aos últimos avanços técnicos, o relógio Reference 57260 é uma criação inteiramente original que totaliza 57 complicações, muitas delas inéditas, e totalmente certificada pelo prestigioso Selo de Genebra.

Vacheron Constantin

Avalie já as suas jóias, fale conosco!

 

Conheça como se compra e transmite Cautelas de Penhor.

Saiba também quais são os nossos critérios de avaliação!

Conheça as peças com mais valor!

New Greenfil Lda, faça parte de uma história de sucesso! 

 

 

 

Newsletter

Fique a par das nossas novidades!

  • Cotações do Ouro - www.kitco.com
  • Cotações da Prata - www.kitco.com
  • Cotações do Ouro - www.kitco.com
  • Cotações da Prata - www.kitco.com